Pular para o conteúdo principal

POR QUE CRIANÇAS E JOVENS NÃO PODEM PULAR O CAFÉ DA MANHÃ E COMO INCENTIVÁ-LOS A COMER

Por que crianças e jovens não podem pular o café da manhã e como incentivá-los a comer

A importância de um bom café da manhã equilibrado é conhecida pela maioria das pessoas que procura levar uma vida saudável, se proteger de doenças e até mesmo evitar o sobrepeso. Comer bem logo cedo traz benefícios para o corpo e para a mente e, para crianças e jovens em fase de crescimento, a refeição se torna ainda mais essencial.
Em um artigo publicado no jornal “The Washington Post”, a especialista em nutrição infantil Casey Seidenberg explicou por que o café da manhã não pode ser ignorado e ainda deu dicas de como os pais podem incentivar o hábito entre os filhos mais jovens em desenvolvimento.

Café da manhã ajuda na memória

Casey afirma que resultados de testes com crianças que não tomam café da manhã são geralmente mais baixos do que aquelas que comem uma refeição bem equilibrada logo cedo. Quem não dispensa o café da manhã apresenta melhor desempenho acadêmico, maior concentração e redução de hiperatividade no ambiente escolar.
Publicidade
Crianças e adolescentes crescem muito rápido em determinados períodos da vida e tanto o cérebro quanto o corpo são construídos a partir dos alimentos consumidos. Pesquisas indicam que crianças que não comem café da manhã têm maior tendência a ingerir comidas pouco saudáveis ao longo do dia, enquanto as que realizam a refeição normalmente incluem mais vegetais, frutas e outras boas opções nos pratos.
Segundo a especialista, quatro em cada cinco crianças não recebem quantidades suficientes de vitaminas e minerais somente com almoço e jantar, por isso precisam de nutrientes de um café da manhã nutritivo para crescer adequadamente.

Café da manhã previne doenças em crianças

Crianças e jovens normalmente não se preocupam com a saúde, mas os pais devem ficar atentos a complicações que podem surgir com a falta de hábito de comer café da manhã. Comer dentro de duas horas depois de acordar pode afetar positivamente a maneira como seu corpo metaboliza glicose, ou seja, estabiliza o açúcar no sangue, garantindo energia e redução de chances de desenvolver doenças cardíacas, obesidade e diabetes.

Dicas para incentivar o café da manhã para crianças

Para evitar a preguiça típica de jovens e crianças logo cedo, Casey ensina algumas dicas de como incentivar e facilitar o hábito de fazer um bom café da manhã:
  • Mantenha na geladeira alimentos saudáveis e práticos, que possam ser levados, como iogurtes, barras de cereais caseiras, ovos cozidos e lanches de manteiga de amendoim, por exemplo.
  • Prepare um smoothie natural para seu filho, especialmente em dias quentes, que pode ser atraente e refrescante quando ele está cansado demais para mastigar.
  • Planeje o café da manhã da criança no dia anterior para não atrasar o processo e acabar pulando a refeição.
  • Evite que seu filho acorde atrasado ou em cima da hora, propondo que ele levante pelo menos 10 minutos mais cedo do que de costume, para ter mais disposição e fome.
Fonte:http://www.bolsademulher.com/bebe/522409/por-que-criancas-e-jovens-nao-podem-pular-o-cafe-da-manha-e-como-incentiva-los-a-comer

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A TABELA MONTESSORI : DESCUBRA QUAIS TAREFAS QUE SEU FILHO PODE FAZER SOZINHO E EM QUE IDADE

A Tabela Montessori: descubra quais as tarefas que seu filho pode fazer sozinho e em que idade
Todos nós queremos que os nossos filhos se tornem adultos responsáveis e educados. No entanto,a maioria dos pais passa o dia a limpar a bagunça de suas crianças. Se elas não forem ensinadas desde muito cedo a ajudar nas tarefas, dificilmente o farão quando crescerem. Maria Montessori foi uma das grandes pedagogas do século XX. Ainda hoje muitos pais seguem suas ideias para educar com sucesso as crianças usando a lógica, o bom senso e a calma. Assim, os filhos conseguem desenvolver uma personalidade harmoniosa e equilibrada. Para conseguir isso, a escola Montessori criou uma tabela de tarefas de acordo com a idade de cada criança. A maioria são afazeres domésticos. O cumprimento destas tarefas irá ajudar os mais pequenos a desenvolver o seu pragmatismo, habilidades motoras e experiência sensorial, fazendo-os sentir úteis e importantes. Fonte:http://blogsupermae.com/a-tabela-montessori-descubra-qua…

O SEGREDO DA RESILIÊNCIA : COMO CRIANÇAS DE LARES DISFUNCIONAIS SE TORNAM ADULTOS DE SUCESSO

O SEGREDO DA RESILIÊNCIA: COMO CRIANÇAS DE LARES DISFUNCIONAIS SE TORNAM ADULTOS DE SUCESSO
PORAna Carolina Leonardi Com mais de 60 anos de duração, estudo ainda ajuda a entender como seres humanos se adaptam a situações adversas. Praticamente toda a criança que nasceu na ilha de Kauai, no Havaí, no ano de 1955, já ouviu falar nas psicólogas Emmy Werner e Ruth Smith. As duas acompanharam quase 700 bebês para entender como a infância molda a vida adulta das pessoas. Mais de 60 anos depois, o estudo continua – e ainda dá pistas de como as crianças com infâncias de “alto risco” são capazes de se tornar adultos emocionalmente equilibrados e realizados Os bebês havaianos dos anos 50 foram divididos em dois grupos. Aqueles que estavam no primeiro tinham condições favoráveis de desenvolvimento, como uma família estruturada e amorosa e estabilidade financeira. No outro grupo, estavam as crianças de famílias muito pobres, cujas mães passaram por estresses perto da data do parto. Doenças na família,…

NUNCA TIVEMOS UMA GERAÇÃO TÃO TRISTE - AUGUSTO CURY

Nunca Tivemos Uma Geração Tão Triste - AUGUSTO CURY
Augusto Cury, o famoso psiquiatra que tem livros publicados em mais de 70 países e dá palestras para multidões no Brasil e lá fora, lançou recentemente uma versão para crianças e adolescentes  do seu best-seller Ansiedade – Como Enfrentar o Mal do Século.

Excesso de estímulos “Estamos assistindo ao assassinato coletivo da infância das crianças e da juventude dos adolescentes no mundo todo. Nós alteramos o ritmo de construção dos pensamentos por meio do excesso de estímulos, sejam presentes a todo momento, seja acesso ilimitado a smartphones, redes sociais, jogos de videogame ou excesso de TV. Eles estão perdendo as habilidades sócio-emocionais mais importantes: se colocar no lugar do outro, pensar antes de agir, expor e não impor as ideias, aprender a arte de agradecer. É preciso ensiná-los a proteger a emoção para que fiquem livres de transtornos psíquicos. Eles necessitam  gerenciar os pensamentos para prevenir a ansiedade. Ter consciê…