Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

O ABUSO SEXUAL E A DOR SILENCIADA

O abuso sexual e a dor silenciada
“Não são os traumas que sofremos na infância que nos tornam emocionalmente doentes, mas sim a incapacidade de expressá-los” (Alice Miller) Por mais que se fale nos dias de hoje sobre o assunto, o fato é que quem sofreu abuso sexual na infância sente muita dificuldade em falar sobre o que aconteceu. Lidar com o abuso sexual não é nada fácil. Vivemos em uma sociedade que ainda nega e/ou finge que nada acontece, ainda mais se o abuso for dentro da própria família, o que, lamentavelmente, acontece na maioria das vezes. Por um lado temos aqueles pais (não são todos) que se omitem, mesmo quando ouvem o desabafo do próprio filho e nada fazem; e mais absurdo ainda, são os profissionais que alegam que é fantasia, fruto da imaginação de quem relata. Seja qual for a área de atuação, para lidar com a dor de uma criança ferida é preciso já ter entrado em contato com a própria criança, e como a maioria não faz isso, não consegue validar a dor de qualquer outra pessoa. Tud…

FERIDAS E TRAUMAS EMOCIONAIS DA INFÂNCIA QUE TODO ADULTO DEVERIA SUPERAR

Três feridas emocionais da infância que todo adulto deveria superar ... 
Heloísa Noronha Colaboração para o UOL 20/10/2017 04h00

Não dá para mudar o passado, mas nunca é tarde para mudar a maneira como lidamos com ele. Alguns sofrimentos da infância continuam a doer na vida adulta, gerando dificuldades nos relacionamentos e baixa autoestima. Veja três feridas emocionais comuns, e por que é importante tomar consciência delas para, então, curá-las.
Medo de abandono e traiçãoO problema: são medos muito comuns e similares que, na idade adulta, ressurgem na forma de ansiedade e numa extrema dificuldade de confiar nas pessoas.
A origem: na infância, todos nós, em algum momento, experimentamos a sensação de abandono. É natural. Quando os pais saem para trabalhar, estão conversando entre si ou quando demoraram para atender nossos desejos. Para algumas crianças, a experiência é mais dolorosa. Nem sempre se trata de abandono. Às vezes, sim: físico ou emocional. A criança queria receber amor incondici…

PESQUISA MOSTRA COMO NOSSAS EXPERIÊNCIAS INFANTIS PODEM MUDAR NOSSO DNA

Pesquisa mostra como nossas experiências infantis podem mudar nosso DNA8 de outubro de 2017 Por Alanna KetlerHoje em dia, muitos de nós entendemos que nossas experiências de infância geralmente definem nossos anos adultos. Qualquer trauma, abuso ou negligência que experimentamos como crianças, levamos conosco até a idade adulta, e com essa consciência emergente, muitas pessoas estão tomando as medidas necessárias para superar e liberar sua bagagem de infância para que eles possam entrar no potencial de quem eles eram sempre quis ser. Mesmo que sua infância fosse relativamente agradável e sem intercorrências, a maneira como você foi criado ainda afeta quem você se tornou, e enquanto a maioria dos pais percebe isso, eles podem não entender o alcance total de seu impacto. Felizmente, esta informação está se tornando cada vez mais acessível e, à medida que as pessoas desencaminham seus próprios caminhos e deixam o que já não os serve, estão começando a reconhecer que, se o ambiente certo f…