Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

PESQUISADORES DA HARVARD DÃO 5 DICAS PARA CRIAR CRIANÇAS ÉTICAS E BONDOSAS

Pesquisadores da Harvard dão 5 dicas para criar crianças éticas e bondosas

Seu objetivo é que seu filho seja um adulto bem sucedido e feliz no futuro? A orientação dos pesquisadores de Harvard é: ensine as crianças desde cedo a serem pessoas generosas e altruístas. Isso não é apenas a coisa certa a fazer, como também é fundamental para que eles desenvolvam relacionamentos bacanas - uma das maiores fontes de felicidade dos seres humanos -  e saibam interagir com o mercado de trabalho. Sim, com o mercado de trabalho: o sucesso depende mais do que nunca de saber colaborar com os outros, e crianças empáticas e socialmente conscientes, são melhores colaboradores. Aqui vão 5 dicas práticas para você plantar a sementinha do bem nos seus filhos: 1) Passe tempo com seus filhos Esse é a base de tudo. As crianças aprendem a se importar e respeitar o próximo quando elas são tratadas com respeito e amor. Converse, faça perguntas, escute as respostas com interesse, planeje coisas legais para fazerem ju…

SOBRE O AMOR INFINITO QUE SEUS FILHOS PEQUENOS SENTEM POR VOCÊ

Sobre o amor infinito que seus filhos pequenos sentem por você
* Uma vez li uma frase, não me lembro onde, mas que nunca esqueci. Dizia que o maior amor do mundo não é dos pais pelos filhos, e sim o dos filhos, quando eles são pequenos, pelos pais. Não quero discutir aqui a veracidade desta afirmação, até porque nem vem ao caso ficar medindo quem tem o maior amor do mundo… Mas quem tem ou teve filhos pequenos com certeza já passou por várias situações em que as demonstrações de amor dos filhos pelos pais foram de arrebentar o coração. Engraçado que no começo, logo depois de eu virar mãe, eu não percebia tanto isso. Acho que minha visão estava ofuscada com o amor que eu sentia por eles e era difícil notar qualquer outra coisa que não fosse o meu próprio peito explodindo. Mas ultimamente, no meio da nossa rotina ordinária, toda hora me dou conta dos pequenos e grandes gestos que demonstram o amor extraordinário que eles sentem por mim. E aí me dá uma “nostalgia antecipada”, p…

COMO ENSINAR ÀS CRIANÇAS QUE NINGUÉM PODE TOCAR NO CORPO DELAS

Como ensinar nossas crianças que ninguém pode tocar no corpo delas
* O assunto é incômodo mas faz parte daquele grupo de questões que a gente não pode fugir de encarar. Estou falando objetivamente da gente saber como ensinar nossas crianças, mesmo pequenas, a não se tornarem vītimas de abuso físico ou sexual. Por favor, este post é um serviço. Não passe batido. Pensando nos meus filhos e nos seus, eu pesquisei a respeito do que os americanos - que dão muita importância para o assunto  - trazem para ser tratado de forma inteligente. Já foi o tempo que eu achava isso exagerado, hoje concordo demais que é muito, muito melhor prevenir. Então vamos às dicas que eu consegui reunir: 1- Meu corpo é meu: a criança deve entender que o corpo dela lhe pertence, que ninguém tem direito, nem por brincadeira, de ficar tocando nela de forma que a deixe constrangida. Eu sei que a cultura brasileira aceita beijos e abraços sem ter fim. Eu sou assim e meus filhos também. Mas é preciso sinceram…

FILHAS DE MÃE SEM AMOR : 7 FERIDAS COMUNS

Filhas de mães sem amor: 7 Feridas comunsDurante os anos em que pesquisei e escrevi Mean mothers, eu falei com outras mulheres sobre as nossas experiências em comum. A história de cada mulher é diferente; talvez o que há de comum é a descoberta de que não estamos sozinhas, que não somos as únicas meninas ou mulheres que tiveram mães incapazes de nos amar. Os tabus sobre “desrespeitar” os pais e os mitos da maternidade, que retratam todas as mães como amorosas, só servem para isolar as filhas não amadas. Essa descoberta aumenta a mágoa e as feridas, mas não se resume a isso.
O seguinte catálogo do que pode acontecer com uma filha que cresce sem o amor e o apoio de uma mãe não é uma pesquisa científica; não deve ser generalizado para todos os casos. Novamente, eu não escrevi como psicóloga ou terapeuta, mas como uma companheira de viagem. Na infância, a criança pega o primeiro vislumbre de si mesma no espelho que é o rosto da mãe. Se a sua mãe for amorosa, o bebê se sentirá seguro e prote…

CRIANÇAS PSICOPATAS : 5 CASOS ESCALOFRIANTES

Crianças Psicopatas: 5 casos escalofriantesMuitos psicólogos e psiquiatras têm questionado se é possível que uma criança seja psicopata. Estes podem se tornar travessos e, em alguns casos, muito cruéis para outras crianças. Mas como algumas podem cometer um assassinato e não apresentar qualquer arrependimento? Pelo fato de seus cérebros ainda estarem em desenvolvimento e suas personalidades ainda estarem sendo forjadas, é muito difícil de detectar a linha que separa a travessura da maldade. Por isso, e devido aos assassinatos de crianças menores de idade, os profissionais de saúde mental têm tentado desenvolver ferramentas de triagem para detectar crianças psicopatas. O problema é que os testes disponíveis no mercado são questionários que preveem uma possível psicopatia na idade adulta, mas não durante a infância. Um exemplo é a faixa de detecção em crianças de 6-11 anos de características susceptíveis de psicopatia na idade adulta, criado por Robert Hare and Paul Frick, que é chamado d…

SINDROME DE ASPENGER - DESVENDANDO ESTE TIPO ENIGMÁTICO DE AUTISMO

O que é a Síndrome de Asperger? A Síndrome de Asperger é um Transtorno Global do Desenvolvimento (TGD), resultante de uma desordem genética, e que apresenta muitas semelhanças com relação ao autismo. Ao contrário do que ocorre no autismo, contudo, crianças com Asperger não apresentam grandes atrasos no desenvolvimento da fala e nem sofrem com comprometimento cognitivo grave. Esses alunos costumam escolher temas de interesse, que podem ser únicos por longos períodos de tempo - quando gostam do tema "dinossauros", por exemplo, falam repetidamente nesse assunto. Habilidades incomuns, como memorização de sequências matemáticas ou de mapas, são bastante presentes em pessoas com essa síndrome. Na infância, essas crianças apresentam déficits no desenvolvimento motor e podem ter dificuldades para segurar o lápis para escrever. Estruturam seu pensamento de forma bastante concreta e não conseguem interpretar metáforas e ironias - o que interfere no processo de comunicação. Além disso, nã…